Apesar dos donos terem sido presos, o site The Pirate Bay ainda funciona

Apesar dos donos terem sido presos, o site The Pirate Bay ainda funciona

Os quatro responsáveis do site de partilha de ficheiros Pirate Bay foram condenados a um ano de prisão e pagamento de indemnização.

Um tribunal sueco condenou quatro responsáveis do site The Pirate Bay a um ano de prisão e pagamento de indemnização por violação da lei sobre propriedade intelectual.

Fredrik Neij (30 anos), Gottfrid Svartholm (28), Peter Sunde (30) e Carl Lundstrom (48), acusados de "promover as violações por outras pessoas das leis que protegem os direitos de autor", foram condenados a um ano de prisão e ao pagamento de uma indemnização de 30 milhões de coroas suecas (2,7 milhões de euros) a várias empresas como a Warner Bros, Sony Music Entertainment, EMI e Columbia Pictures.

«O tribunal de Estocolmo condenou as quatro pessoas acusadas por cumplicidade de violação da lei sobre os direitos de autor. O tribunal decidiu condenar cada uma a um ano de prisão», indicou o tribunal em comunicado.

A sentença considera que ao facilitar a partilha de ficheiros - de música, filmes e jogos de vídeo - através da tecnologia «torrent» e sabendo que entre eles se encontrava material protegido por direitos de autor os responsáveis do site violaram «de forma objectiva» a lei sobre a propriedade intelectual.

Os quatro deverão recorrer da sentença proferida pelo tribunal de primeira instância de Estocolmo, de acordo com a agência noticiosa sueca TT.

Mas apesar deles terem sido presos o site ainda está no ar, e alguns ficheiros considerados 'piratas' ainda estão disponíveis para download.

Novo Comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t